1.11.07

LUTO

Amanhã é dia de finados. Todo ano as comemorações pelo "dia dos mortos" levam milhares de familiares aos cemitérios para "rever" seus parentes, prestar homenagens, relembrar bons momentos.
Amanhã não visitarei nenhum parente no cemitério. Não porque não tenho nenhum parente morto, mas sim porque creio que devo visitar quem realmente precisa. Amanhã, vou "comemorar" o dia de finados no Parque São Jorge. Levarei um caixão, uma coroa de rosas pretas, umas velas e um escudo do Corinthians em tamanho natural. Sepultarei o "corpo" de um dos maiores e mais tradicionais clubes do Brasil como ele realmente merece. Jogarei na calçada e atearei fogo em tudo. Ao mesmo modo que os dirigentes fizeram com as pessoas que durante anos a fio torceram e amaram um clube dirigido por filhos da puta mercenários que pouco se importam com o futebol.
Amanhã enterrarei o Corinthians e toda a sua história podre. Rezarei à Deus para que o time desça à segunda divisão do nacional para criar vergonha na cara e recomeçar a brilhar.

Ao São Paulo deixo minhas congratulações. Provou mais uma vez ser o maior clube do Brasil e provou que administração e futebol PRECISAM caminhar juntos.

Um comentário:

Fábio disse...

O Corinthians começou a preparar o caixão quando assinou o contrato com a MSI.

A sorte de vocês é que o Goiás é muito ruim e tem boas chances de ficar com a última vaga do rebaixamento... Mas concordo contigo: talvez seja menos pior cair agora e tentar começar do zero do que ficar na Série A como um time moribundo e eternamente ameaçado.

Parabéns pelo texto.