13.12.07

Da insatisfação com a tarde chuvosa...

Nada combina mais que uma tarde como essa (cinza, fria e chuvosa) que The Smiths e licor de cacau com conhaque, porém, pra fugir da mesmice, resolvi mudar a coisa toda.

Hoje, vou de vinho tinto do Porto, licoroso e doce, e um clássico, esplendoroso, "Nessun Dorma", na voz do maior tenor de todos os tempos. O favorito desse blogueiro "paga pau".

Acho que não é segredo pra ninguém a minha admiração profunda e cansativa por ele. Infelizmente ele nos deixou esse ano, mas o Youtube e suas grandes surpresas revelaram um momento histórico: a última apresentação do tenor em Turin, nos Jogos de Inverno do ano passado.

Confesso: assim que abri o vídeo e comecei a assistir, fiquei com medo. Pensei que ele não aguentaria. Entrou meio cansado, curvado, num frio intenso. Quando abriu a boca foi notável que nada ali tinha mudado por dentro. A carcaça estava mesmo um pouco cansada, mas lá de dentro ainda soava a voz mais admirada do mundo.

O cara é um ícone! Uma inveja! Responsável direto pela desnatação do mercado de música clássica no mundo. Conseguiu se juntar com Bryan Adams pra cantar "O sole mio", que também o fez com o Roberto Carlos (assunto pra outro post), com Liza Minelli na belíssima interpretação de "New York, New York", com os outros dois tenores, Plácido Domingo e Jose Carreras, com quem cantou até "Aquarela do Brasil" na apresentação que deu origem ao concerto, na festa de encerramento da Copa do Mundo de 1994, nos EUA.

Enfim... ladies and gentleman, Sir Luciano Pavarotti!

2 comentários:

Fábio disse...

O maravilhoso mundo do Youtube... Sensacional! Ótima pedida.

laís disse...

Confesso que nunca fui fã dele; o estilo musical não é dos meus preferidos, mas não dá para ignorar a importância que esse homem teve e seu talento. Não pude deixar de pensar, enquanto você citava suas parcerias, aquela em que ele canta com Bono Vox; é de arrepiar!